Qual a idade ideal para o homem começar a fazer os exames de rastreamento?

medical_checklist-512Há ainda muita controvérsia referente à idade de inicio do rastreamento do câncer de próstata. Então, qual a idade certa? 

Este assunto deve ser discutido com seu medico e analizado caso a caso. Recomenda-se o rastreamento para homens com idade acima dos 50 anos e expectativa de vida acima de 10-15 anos.

Sugere-se que os homens sejam anualmente através do toque retal e de dosagens sanguíneas de PSA (antígeno prostático específico). Aqueles com história de câncer de próstata na família acometendo parentes de primeiro grau (pai e irmãos) e de homens negros devem inicial essa avaliação aos 40 anos, devido ao maior risco. 

Quais exames os jovens devem fazer para prevenir o câncer?

câncer em jovensCâncer em Jovens – Não existem exames de rotina para pessoas saudáveis de 15 a 19 anos para rastreio de câncer. Algum podem apresentar um risco familiar mais alto e por isso devem fazer acompanhamento mais de perto conforme orientação médica.
  • As adolescentes sexualmente ativas devem seguir acompanhamento ginecológico.
  • O auto exame do testículo em homens pode ajudar na detecção de câncer de testículo.

O que um jovem pode fazer para se prevenir contra o câncer?

Existem alguns fatores que se evitados podem diminuir o risco de câncer na adolescência  e certamente para a vida adulta, são eles; não fumar, limitar o tempo de exposição solar e se sexualmente ativo usar práticas de sexo seguro. Atualmente a vacina contra o HPV é um grande aliado na prevenção de tumores de colo de útero.
Colonoscopia, o exame que salva vidas!

Saiba mais sobre os tipos de câncer em jovens/adolescentes e sua prevenção.

cancer em jovensQuais são os tipos de câncer mais comuns em jovens?

Os tipos de câncer mais comuns em adolescentes são os de origem hematológicas como as leucemias e linfomas. 
Os jovens podem apresentar também neoplasias que se originam de tecidos ósseos e partes moles  (sarcomas e osteosarcomas) tumores dos sistema nervoso central e tumores germinativos, estes surgem  principalmente nos testículos e ovários.
 

O que um jovem pode fazer para se prevenir contra o câncer? 

Diferentemente dos tumores em adultos, em que fatores de estilo de vida como tabagismo e álcool aumentam muito o risco de câncer, nos adolescentes esses fatores tem um papel menor. A exposição a irradiação é o fator de risco mais importante em jovens.
Existem alguns fatores que se evitados podem diminuir o risco de câncer na adolescência  e certamente para a vida adulta, são eles; não fumar, limitar o tempo de exposição solar e se sexualmente ativo usar práticas de sexo seguro. Atualmente a vacina contra o HPV é um grande aliado na prevenção de tumores de colo de útero.
 

Jovens têm mais chances de combater a doença, por conta da idade, do que um adulto ou um idoso? 

As neoplasias mais presentes em jovens, como por exemplo Linfomas e Leucemias , apresentam alta taxa de cura, mesmo em estágios mais avançados, principalmente quando comparado com os tumores solidos (por exemplo pulmão, mama, etc..) que são mais comuns em adultos e idosos.
 

Quais exames os jovens devem fazer com regularidade para prevenir o câncer ou descobri-lo precocemente? 

Não existem exames de rotina para pessoas saldáveis de 15 a 19 anos. Algum podem apresentar um risco familiar mais alto e por isso devem fazer acompanhamento mais de perto conforme orientação médica.
 As adolescentes sexualmente ativas devem seguir acompanhamento ginecológico. O auto exame do testículo também pode ajudar na detecção de câncer de testículo.

Os exames para rastreio de câncer que todas as mulheres devem saber!

Os exames de rastreio procuram pelo câncer antes que a pessoa tenha quaisquer sinais ou sintomas. Exames realizados regularmente podem diagnosticar alguns tipos de câncer mais cedo, quando eles são pequenos, ainda não se espalharam, e são mais fáceis de tratar.  

13690855_1098643276870573_3770078562288722459_nMamografia – Prevenção de câncer de mama

De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), a mamografia de rotina deve ser realizada anualmente, a partir dos 50 anos. Pacientes com história familiar podem necessitar de um rastreio mais precoce e mais frequente.

Colonoscopia – Prevenção do câncer de intestino

As mulheres devem iniciar o rastreamento aos 50 anos, ou antes, se elas tiverem história familiar de câncer de cólon ou reto, ou outras doenças no cólon que aumentam esse risco.

Acompanhamento Ginecológico – Câncer do endométrio

No momento da menopausa, todas as mulheres devem ser informadas sobre os riscos e sintomas do câncer de endométrio (colo de útero), como, por exemplo, sangramento vaginal.

Tomografia baixa dosagem – Câncer de pulmão 

Mulheres com idades entre 55 e 74 anso que são ou foram fumantes pesados devem falar com seu médico sobre a tomografia computadorizada de baixa dose para triagem de câncer de pulmão. Screening não a torna OK para manter o uso do tabaco!!! Obtenha ajuda para parar de fumar.

Papanicolau – Câncer de colo de útero 

Todas as mulheres devem começar o rastreio do câncer de colo do útero aos 21 anos. As mulheres que tomaram a vacina contra o HPV ainda devem seguir as recomendações de triagem para sua faixa etária. Mulheres que estão em alto risco para o câncer do colo do útero podem precisar de acompanhamento com maior frequência. As mulheres em alto risco são aquelas com a infecção pelo HIV e transplante de órgãos.

Acompanhamento com dermatologista – Câncer de pele 

Estar ciente de todas as manchas em sua pele e relatar quaisquer alterações a um médico imediatamente. Realize um exame de pele durante seus check-ups regulares de saúde.
Os Exames para rastreio de cancer
Os Exames para rastreio de cancer que todas as mulheres devem saber

Colonoscopia, o exame que salva vidas!

IMG_0104  A colonoscopia permite a detecção e retirada de pólipos que poderiam dar origem a um tumor no intestino. Estudos mostram que a realização da colonoscopia em homens e mulheres entre 55 e 64 anos tem impacto significativo na mortalidade por câncer colorretal. Em estudo envolvendo mais de 170 mil homens e mulheres submetidos a controle com colonoscopia, foram identificadas redução de 23% na incidência e 31% na mortalidade por câncer colorretal. Esses números são impressionantes e reforçam o papel da colonoscopia na redução da mortalidade por câncer colorretal. Logo, se você tem mais de 50 anos faça uma colonoscopia… o benefício é inquestionável!

O Câncer de Próstata

11048745_883391425062427_8242541596750132755_nUm dos maiores desafios com relação à sua detecção é a imprevisível história natural, que pode incluir desde tumores indolentes até outros extremamente agressivos.
Recomenda-se que homens recebam as informações sobre rastreamento, iniciando assim o rastreio a partir dos 50 anos, exceto em homens da raça negra ou com parentes de primeiro grau (pai ou irmão) diagnosticados com câncer de próstata dos quais devem começar o rastreamento aos 45 anos.

Conheça os cânceres que afetam o aparelho reprodutor feminino!

Câncer do colo do útero: Está relacionado à infecção pelo vírus HPV, transmitido sexualmente. No entanto, vários fatores de risco estão associados, como tabagismo,  e outras infecções concomitantes, aumentam o risco do aparecimento e progressão das lesões pré-tumorais. Em relação aos sintomas, o câncer de colo de útero geralmente provoca corrimento vaginal (às vezes sanguinolento), sangramento nas relações sexuais e dor pélvica em casos mais avançados. 
Câncer de endométrio (corpo do útero): Está relacionado a obesidade na perimenopausa e menopausa, diabetes e pressão alta. Câncer de vulva: Aparece relacionado à infecção pelo HPV. Esse tipo de câncer apresenta como principais sintomas, além das coceiras crônicas, o aparecimento de úlceras, feridas ou gânglios na região inguinal. Câncer do ovário: Pode ter a presença de fator hereditário, apesar da doença também se manifestar frequentemente em mulheres sem história familiar. O risco aumenta com a idade. Parece existir uma maior relação da doença em mulheres que não tiveram filhos, usaram terapia hormonal peri ou pós menopausa A realização de exames periódicos e orientação adequada sobre os cuidados a serem tomados nas diferentes fases da vida, é decisiva na luta contra o câncer.

Abril é o Mês do Combate ao Câncer de Testículo

11024617_846675542067349_1812697617102595781_n Combate ao Câncer de Testículo O tumor de testículo corresponde a 5% dos casos de câncer em homens. Ao contrário do câncer de próstata que acontece em pessoas de mais idade, o câncer de testículo acomete principalmente homens jovens (15 aos 40 anos).

Câncer de testículo é facilmente curado quando detectado precocemente e apresenta baixo índice de mortalidade.

O sintoma mais comum é o aparecimento de um nódulo duro indolor aproximadamente do tamanho de uma ervilha, como acomete pacientes jovens em idade reprodutiva, há chance de ser confundido com alterações benignas muito comuns como inflamações dos testículos e epidídimo. Caso sejam observadas alterações, o médico, de preferência um urologista, deve ser consultado. O diagnóstico precoce é extremamente importante devido ao seu alto índice de cura!